05 julho 2009

Leituras de agosto

A maioria das pessoas aproveita as férias para fazer o que não teve tempo e disponibilidade mental para fazer ao longo do ano. Lembro-me de ver o Bill Gates com malas de livros que lia nas suas férias porque durante o ano andava entretido a ficar pentahexamilionário. Bem, eu andei entretido com outras coisas menos enriquecedores (financeiramente), mas fui obrigado a deixar de lado algumas leituras... coisas dispersas que fui descobrindo nas estantes. Deixo aqui a revelação dos livros que irei tentar ler estas férias: Deus de Dawkins de Alister McGrath; Duas vidas valem mais que uma? de Peter Cave; Problemas da filosofia de James Rachels; Da epistemologia à biologia de Maria Manuel Araújo Jorge; Históra da filosofia moral de John Rawls (apenas algumas partes, que este livro é «pesado» demais para relaxar em agosto); e Que diria Sócrates de Alexandre George (org.). Esperemos que consiga algumas destas leituras... Para os meus alunos recomendo a leitura do livro do Peter Cave. Parece estimulante para jovens pensadores, mas , como ainda não o li na íntegra, posso estar enganado. Boas leituras.

1 comentário:

Lourenço disse...

Viva, Rui!

O Deus de Dawkins já li; aliás, tenho um post sobre ele no ano de 2008!
Os restantes não conheço, mas vou ter que juntar à minha "lista de verão" o "Da epistemologia à biologia" de Maria Manuel Araújo Jorge.

Boas leituras!

Abraço

filosofiareal

«Quem hoje em dia ensina filosofia não selecciona o alimento para o seu aluno com o objectivo de lhe adular o gosto, mas sim para o modificar.»
Wittgenstein