28 novembro 2005

Sócrates e o homem que devemos ser

«Mas que espécie de homem sou eu? Sou daqueles que se sentem bem sendo refutados quando se enganam e também refutando, por sua vez, uma afirmação inexacta, mas que não gostam menos de ser refutados do que refutar outros; eu considero mesmo esta última superior, pois é mais vantajoso para um homem ser libertado do maior dos males do que libertar os outros. Nada, de facto, é mais funesto a um homem do que uma opinião falsa sobre o assunto de que falamos.»
Platão, Górgias

1 comentário:

haroldprice32526357 disse...

I read over your blog, and i found it inquisitive, you may find My Blog interesting. So please Click Here To Read My Blog

http://pennystockinvestment.blogspot.com

filosofiareal

«Quem hoje em dia ensina filosofia não selecciona o alimento para o seu aluno com o objectivo de lhe adular o gosto, mas sim para o modificar.»
Wittgenstein